Sobre mim

Bruno Januário nasceu em 1979, na Marinha Grande, no entanto é natural de Alcobaça, mais precisamente a aldeia do Casal Pinheiro, Freguesia de Évora de Alcobaça e reside na Cidade Alcobaça. Formado em Física Teórica, foi de muito novo que descobriu a fotografia através da máquina fotográfica da família, a famosa Agfa mini, muito popular nos anos 80.

Em 2004 viaja para a Escócia onde trabalha e estuda bem como inicia uma série de viagens que lhe vão marcar o início dos primeiros trabalhos fotográficos. Em 2005, acompanhado com uma Nikon D80 emprestada, percorre parte de Inglaterra, em especial as zonas Yorkshire e Devonshire onde inicia um espólio de fotografias da época. Também nesse ano e seguintes faz uma viagem pela Escócia inteira, desde as mais remotas aldeias perdidas nos milhares de ilhas do país, como percorre toda a rota Celta, indo até à Irlanda, percorrendo esses caminhos históricos e recolhendo fotos de todos os locais onde parava. É em 2005 que faz a sua viagem até à Islândia e aí percebe que paisagens como aquelas requeriam mais conhecimento e aprendizagem na fotografia. Ainda assim consegue fotografar a ilha, ainda numa era antes do turismo maciço que hoje assola o arquipélago.

É em 2007 que "bichinho" da fotografia se revelou como uma paixão e um "escape" da vida profissional; é a sua cunhada que o incentiva a levar a fotografia a um nível superior. O início foi um pouco frustrante, mas com teimosia e insistência conseguem-se os primeiros bons trabalhos.

Durante estes anos mais recentes, a maioria das suas fotos, centram-se em Portugal e Alemanha: as cidades, aldeias, vilas, praias, serras e as demais vivências. Inicia-se também a partilha de parte destas fotos em grupos sociais, maioritariamente no Facebook, ajudado a população a encontrar-se com a sua terra. Hoje é seguido por mais de 9.500 pessoas. Maioritariamente os seus trabalhos continuam a ser de paisagem, que pretende imortalizar, para tempos vindouros nas suas memórias. É com as suas viagens à Alemanha que para Novembro de 2019, a National Geographic Portugal, reconhece uma das suas fotos sobre os Alpes e a coloca na revista impressa.

Exposições:
2015:
- Festival cultural Al-Creative - Alcobaça, Portugal 

2018:
- Festival de imagem e movimento de Milão, MIA FAIR - Milão, Itália
- “O Mosteiro de Alcobaça através de um smartphone” - Alcobaça, Portugal
- “The Art of Black and White” na galeria Berlin Blue Art – Berlin, Alemanha

2019
- “Art of Black and White”, Valid World Hall – Barcelona, Espanha
- “19 Olhares sobre o Concelho” - Alcobaça, Portugal
- “Um Olhar Sobre D. Pedro E D. Inês” - Alcobaça e Benedita, Portugal 

2020
- “O Mosteiro de Alcobaça" - Galeria Real Abadia Hotel - Alcobaça, Portugal
- MDV - Fotografia Solidária - Atmosfera M - Lisboa, Portugal
- "The Highlights of Munich" - Highlights center e virtual - Munique, Alemanha
- "Your Shots" - The Space, An Art Gallery - Vancouver, Canadá
- "Street Photography" - Hinterland Galerie - Vienna, Áustria
- MiMo - Leiria, Portugal

Livros:
2019
- A Casa de Deus Onde Ele Não Habita
- A Rocha mais alta

2020
- Portugal em 40 concelhos

 Publicações em revistas: 
2019
- National Geographic de Novembro (Versão Portuguesa)

2020
- Digital Camera World de Junho (Versão do Reino Unido)